Notícias

10/09/2015

QUASE 30% DOS INADIMPLENTES NÃO SABEM QUANTO DEVEM

Hoje em dia, aqui no Brasil, quase 30% dos inadimplentes não sabem quanto estão devendo. 5% deles não têm idéia nem para quem estão devendo e não pagando ou, como se diz, estão que nem a Grécia, em situação de “default”, na moratória, precisando de renegociação, ou seja, deram calote.


"É um número muito expressivo, que, para nossa leitura, falta educação financeira".


A pesquisa é do Instituto Geoc, que cuida do que acontece com as empresas de crédito, de um lado, e de cobrança, do outro, muita gente precisando prestar mais atenção na hora de fornecer crédito para o cidadão comprar, por exemplo, um carro novo. Na hora da venda, é tudo maravilha, longas prestações, juros baixos e tal. Acontece que elas precisam fazer o seguinte, alerta o presidente do Instituto Geoc, Jefferson Frauches Viana:


"Só que ele esquece que tem IPVA, tem o seguro, tem manutenção, tem gasolina, tudo isso está envolvido no custo do carro. E na hora de conceder o crédito ninguém avisa isso para ele.  Então acho que é um dever imenso de toda a sociedade que concede crédito".


Pois continuando a prosa miúda de hoje. A gente precisa lembrar que toda a economia brasileira depende do bom funcionamento do esquema todo, desde quem empresta dinheiro para o banco depois vender o mesmo, mais caro e a prazo para quem está precisado do crédito para comprar alguma coisa que garante emprego para muita gente que recebe salário, ou seja, dinheiro. É uma roda viva, não é mesmo Jefferson Frauches Viana?


"Toda cadeia econômica é movimentada, né? Você tem desde o consumidor até o comércio, distribuidor, atacadista, fabricante, matéria-prima, bens de capital, quer dizer, toda a cadeia da economia é movimentada através de um bom crédito".


Pois agora vamos para a cobrança dos inadimplentes, número que aumenta por causa da crise na economia brasileira, melhor para as empresas de cobrança de atrasados e para as que limpam os nomes que estão sujos na praça, como se diz diretamente e sem rodeio. Mas não é isso mesmo que está acontecendo para elas. Então, para terminar a prosa, presidente do Instituto Geoc. Não está fácil para a turma da cobrança. Até renegociação da dívida está difícil. Então, tem que inventar.


"Dificuldade de pagamento cresceu porque o inadimplente hoje tem menos capacidade de pagar. E por que ele tem menos capacidade de pagar? Porque tem mais desemprego, tem mais inflação, sem contar nas questões crônicas de educação financeira que falamos há pouco".


Então, tá. Vou ali renegociar a minha dívida para não cair na inadimplência que nem a Grécia.

 


Fonte: EBC

Venha fazer parte da nossa equipe de vencedores. Cadastre seu currículo.

Copyright © 2011-SindInformática - Todos Direitos Reservados

Avenida Anhanguera, nº 5674, sala 401, 4º andar - Setor Central - CEP: 74.043.011 - Goiânia/GO. Fone: (62) 3942.9499 | (62) 3942.9599

Produzido por