Notícias

01/04/2013

MERCADO MUNDIAL DE TICS DEVE MOVIMENTAR US$ 3,8 TRILHÕES NESTE ANO

Os gastos mundiais com tecnologia da informação e comunicações (TICs) devem chegar a US$ 3,8 trilhões em 2013, crescimento de 4,1% em relação aos US$ 3,6 trilhões registrados no ano passado, conforme divulgou o Gartner. A maior fatia desse montante (US$ 1,688 trilhão) será destinada a serviços de telecomunicações, que terá alta de 2% em relação aos gastos de 2012. A previsão é que, em 2014, os gastos com esses serviços cheguem a US$ 1,728 trilhão. O mercado global de serviços de telecom continua a representar a maior parcela das TICs, mas permanecerá estável ao longo dos anos, com os gastos em serviços de voz em declínio sendo contrabalanceado por um forte crescimento nos gastos com serviços de dados móveis.

Em segundo lugar na lista dos gastos está serviços de TI, que devem movimentar US$ 918 bilhões, 4,5% a mais que um ano antes, com taxa de crescimento de 4,9% para 2014 e US$ 963 bilhões. Já a área de hardware, que engloba PCs, tablets, telefones celulares e impressoras, é a que mais deve crescer em gastos, movimentando US$ 718 bilhões, cifra 7,9% maior que a computada em 2012 - e dois anos depois, segundo as previsões, esse percentual deve ser de apenas 5,7%. Isso porque embora os gastos com PCs estejam estáveis e o investimento com impressoras tenham um leve declínio, eles serão compensados por uma explosão de curto prazo no segmento de telefones celulares, elevando a projeção do crescimento do setor de hardware como um todo em 2013.

Softwares corporativos devem movimentar US$ 297 bilhões neste ano, crescimento de 6,4%, chegando a US$ 316 bilhões em 2014. Nesse setor, o crescimento é impulsionado pelas expectativas de evolução para sistemas de gestão de dados, ferramentas de integração de dados e gestão da cadeia de abastecimento, compensando as projeções menores de crescimento para a gestão de operações de TI e software de sistemas operacionais.

Sistemas para data center, por sua vez, responderão por US$ 146 bilhões em 2013, 3,7% a mais na comparação ano a ano, e com previsão de crescimento de 4% para o ano seguinte, somando US$ 152 bilhões. A redução nos gastos com esses sistemas se dá, em grande parte, devido a cortes para a previsão de curto prazo para os gastos com armazenamento externo, além da economia conturbada do setor corporativo na região que engloba Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

"O Nexus das Forças - social, nuvem, mobilidade e informação - está remodelando os padrões de gastos em todos os setores de TICs que o Gartner faz projeções. Consumidores e empresas continuarão comprando um mix de produtos e serviços; nada vai desaparecer completamente. No entanto, a proporção dessa mistura está mudando drasticamente e há claros vencedores e perdedores ao longo dos próximos três a cinco anos, quando observamos uma transição de PCs para telefones móveis, de servidores para armazenamento, de software licenciado para modelos em nuvem, ou até a mudança em conexões de voz e dados fixas para móveis", explicou o vice-presidente de pesquisa do Gartner, John Lovelock.

Fonte:Site TI Inside

Venha fazer parte da nossa equipe de vencedores. Cadastre seu currículo.

Copyright © 2011-SindInformática - Todos Direitos Reservados

Avenida Anhanguera, nº 5674, sala 401, 4º andar - Setor Central - CEP: 74.043.011 - Goiânia/GO. Fone: (62) 3942.9499 | (62) 3942.9599

Produzido por