Notícias

01/07/2013

COPA: TELECOMUNICAÇÃO PODE FICAR ABAIXO DE R$ 200 MILHÕES

O secretário executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, disse nesta última sexta-feira que o governo federal espera implantar toda rede de telecomunicações para a Copa do Mundo de 2014, por menos de R$ 200 milhões, como orçado inicialmente. Até agora, foram gastos R$ 90 milhões com os serviços. “Seguramente, gastaremos abaixo de R$ 200 milhões. O quanto será, se (menos) 1%, 10% ou 15% ao final da Copa, não sei dizer. Em tese, podemos baixar mais ainda”.

O executivo assinalou que no país existe conhecimento, experiência, “sabemos contratar, haverá mais competição, e as redes estarão mais maduras, mas não arriscaria (um percentual), é uma previ-são”. De acordo com o secretário, a implantação de serviços de internet e transmissão de dados está adiantada, faltando apenas a linha para Manaus.

Nesses serviços, já foram investidos R$ 60 milhões, incluindo as seis cidades - Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Fortaleza - que receberam a Copa das Confederações. Os serviços abrangem, por exemplo, estádios, aeroportos e áreas de hotel e devem ser expandidos.

Ao participar da entrevista à imprensa no Centro Aberto de Mídia, o presidente da Telebras, Caio Bonilha, informou que, dos 25 mil quilômetros de rede de fibras previstos, 10 mil já foram instala-dos, dentro das especificidades “rígidas” da Federação Internacional de Futebol (Fifa), de quem receberam elogio. “Isso nos coloca em outro patamar”, disse Bonilha.

Perguntado sobre falhas nos serviços de internet apontadas por torcedores durante as partidas da Copa das Confederações, o superintendente de Fiscalização da Agência Nacional de Telecomunica-ções (Anatel), Thiago Botelho, disse que foram pontuais e se devem, na maioria dos casos, à alta concentração de público em um mesmo espaço.

Na avaliação de Botelho, houve uma evolução da prestação de serviços de telecomunicações nos estádios, desde a primeira partida, em Brasília, até a disputa em Belo Horizonte. “Tivemos dificul-dade no primeiro jogo, pelo desafio de atender a 80 mil pessoas e percebemos uma melhoria contínua”, disse ele, destacando que nenhuma operadora foi multada.

 

Fonte: Monitor Digital

Venha fazer parte da nossa equipe de vencedores. Cadastre seu currículo.

Copyright © 2011-SindInformática - Todos Direitos Reservados

Avenida Anhanguera, nº 5674, sala 401, 4º andar - Setor Central - CEP: 74.043.011 - Goiânia/GO. Fone: (62) 3942.9499 | (62) 3942.9599

Produzido por