Notícias

28/11/2012

CERTIFICAÇÃO DE SOFTWARE BRASILEIRO GANHA CAPACITAÇÃO ONLINE

O programa Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR), criado pela Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro, Ministério de Ciência,Tecnologia e Inovação (MCTI) com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), passa a oferecer curso de capacitação online em português e espanhol.

A primeira turma realizou virtualmente as provas de conceito de dois cursos oficiais na modalidade Ensino a Distância (EAD). A iniciativa integra a Rede Latino Americana da Indústria de Software (Relais) –, que conta com o apoio Banco Interamericano de Desenvolvimento/Fundo Multilateral de Investimentos (BID/FUMIN). Os testes oferecidos em língua portuguesa, no Brasil, e em espanhol no México, na Colômbia e no Peru.

“Esta iniciativa pioneira de capacitação virtual é da maior importância na medida em que contribui para o aumento da visibilidade do modelo MPS e para sua crescente aceitação e reconhecimento internacional como modelo de qualidade em diversos países”, explica José Antonio Antonioni, diretor de qualidade e competitividade da Softex.

Em 2011, atendendo a uma solicitação da Softex, a PUCRS Virtual, unidade de ensino a distância da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, definiu a metodologia de e-learning para capacitação de pessoas nos modelos MPS/Brasil e MoProSoft/México empregando o ambiente virtual Moodle.

A primeira prova virtual de conceito realizada foi a do curso oficial C1/MPS-EAD – Introdução ao MPS e contou com 97 participantes dos quatro países. Destes, 65 (67%) receberam da Softex o certificado de participação por atenderem 75% dos requisitos desse curso. No Brasil, 18 dos 20 alunos receberam certificados de participação (90%); na Colômbia, 21 dos 24 (88%); no México, 18 dos 30 (60%); e no Peru, 8 dos 31 (26%).

A segunda prova virtual de conceito foi a do curso oficial C2/MPS-EAD – Implementação MPS. Dos 45 participantes dos quatro países, 26 (57%) receberam da Softex o certificado de participação por atenderem 75% dos requisitos do curso. No Brasil, 8 dos 10 alunos receberam certificado de participação (80%); na Colômbia, 10 dos 12 (80%); no México, 6 dos 14 (43%); e no Peru, 2 dos 9 (22%).

Com resultado obtido, a Softex planeja oferecer a capacitação virtual de MPS regularmente a partir de 2013 não só nesses países, como também em outros da América Latina e do Caribe, segundo informa Kival Weber, coordenador-executivo do programa MPS.BR.

Desde que foi criado em 2004, a Softex já capacitou 5,2 mil profissionais de software .no modelo MPS em cursos oficiais presenciais e também a distância (EAD). Desses, 1,3 mil foram aprovados em provas oficiais.

Fonte: Site: Computerworld 

Venha fazer parte da nossa equipe de vencedores. Cadastre seu currículo.

Copyright © 2011-SindInformática - Todos Direitos Reservados

Avenida Anhanguera, nº 5674, sala 401, 4º andar - Setor Central - CEP: 74.043.011 - Goiânia/GO. Fone: (62) 3942.9499 | (62) 3942.9599

Produzido por