Notícias

24/04/2015

BRASIL DIGITAL PRECISA CONQUISTAR SOBERANIA TECNOLÓGICA E COMPETITIVIDADE GLOBAL

O Brasil está entre os três países do mundo que mais utilizam as redes sociais, registrando apenas em janeiro deste ano 173 bilhões de acessos a internet, de acordo com os dados do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).


Ainda assim, é necessário usarr esse potencial para desenvolver características chave para o futuro tecnológico do País. Entre elas, uma maior transparência nos procedimentos digitais, para conquistar soberania tecnológica.


Na avaliação de Virgílio Almeida, secretário de Política de Informática do MCTI, é essencial que o Brasil busque mais pro-atividade na competividade global. " O futuro do Brasil Digital depende de algumas caracteristicas chave. A primeira delas é a competitividade global, a outra é a transparência digital, não só de dados mas de procedimentos. Isso que é o essencial para a construção do Brasil Digital: dados abertos e soberania tecnológica", afirmou o secretário.


Para fortalecer a competitividade e a soberania tecnológica do País, Almeida acredita que é necessário atitudes pontuais da gestão política. "Entre elas, investir na formação de recursos humanos qualificados, ampliar a capacidade científica e tecnológica para gerar conhecimentos, ter infraestutura digital adequada para a sociedade, além de investir em pesquisa e desenvolvimento (P&D) em áreas estratégicas, como bid data e segurança", pontuou.


Transações


Apesar dos desafios à frente do País, Virgílio Almeida destacou alguns dados do setor de tecnologia da informação nacional que podem se tornar fortes condutores para a expansão das tecnologias digitais em todo o Brasil. Por exemplo, em 2014 foram realizadas 46 bilhões de transações financeiras em território nacional, sendo 41% delas feitas pela internet e 12% submetidas via smathphones ou tablets.


"Isso mostra o rápido crescimento das transações geradas por aparelhos móveis e que, somadas as duas, boa parte das transações financeiras passam pela internet. Outro ponto importante é que isso representa grandes investimentos. O próprio sistema financeiro investiu em 2014 R$ 21,5 bilhões em tecnologia da informação", informou.


Almeida debateu sobre o assunto durante a mesa redonda "Soluções tecnológicas nacionais para o governo digital", realizada em Brasília (DF) durante o Seminário Brasil 100% Digital.

 


Site: Agência Gestão CT&I

Data: 23/04/2015

Hora: 16h58

Seção: ------

Autor: Leandro Cipriano

Link:www.agenciacti.com.br

Venha fazer parte da nossa equipe de vencedores. Cadastre seu currículo.

Copyright © 2011-SindInformática - Todos Direitos Reservados

Avenida Anhanguera, nº 5674, sala 401, 4º andar - Setor Central - CEP: 74.043.011 - Goiânia/GO. Fone: (62) 3942.9499 | (62) 3942.9599

Produzido por